Acompanhe

05.09
2019

A família de Dona Leandra, da comunidade de Pepital, foi realocada nos anos 80, com a instalação do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão. Comunidades quilombolas da região estão sendo novamente ameaçadas de remoção, pelo Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, em tramitação na Câmara dos Deputados.

Assinado este ano entre os governos Bolsonaro e Trump, o acordo permite a exploração comercial da base militar pelos EUA. Além de ferir a soberania nacional, o acordo pode impactar centenas de famílias. As comunidades sequer foram consultadas sobre o projeto, o que contraria a Convenção 169 da OIT, da qual o Brasil é signatário!

Não podemos permitir essa violência! Acesse https://ift.tt/34pBqPq e assine a petição.
#AlcântaraéQuilombola #ConsultaQuilombolaJá
from Muitas https://ift.tt/2zWDSyS
via IFTTT