Acompanhe

02.07
2019

#transparência

No mês de maio, comigo e com Cida Falabella na Câmara Municipal, nós da Gabinetona:

.: protocolamos dois novos projetos de lei: Rua Viva e Participa Ambulante [saiba mais aqui: http://bit.ly/2HPQA7z]. Ambos foram criados por meio um Laboratório Popular de Leis com ambulantes e camelôs! #DignidadeAmbulante

.: comemoramos a retirada de tramitação da Proposta de Emenda à Lei Orgânica (PELO nº3/2017) que queria proibir o ensino e a discussão de conteúdos diversos nas escolas municipais. Uma tentativa de aprovar o Escola sem Partido na marra;

.: fomos às ruas em defesa da Educação e participamos de um ato-debate na UFMG. #TsunamiDaEducacao

.: estivemos na Zona de Confluência – Culturas, Juventudes e Territórios, encontro organizado pelo Culturas Juvenis, projeto da Gabinetona, em parceria com diversos coletivos das quebradas;

.: realizamos diversas visitas técnicas a barragens no entorno de BH por meio da CPI das Barragens e uma oitiva com o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, Marcus Vinícius Polignano. #CPIdasBarragens

.: estivemos com Áurea Carolina em Brasília para discutir os impactos da extinção do MinC. #CulturaResiste

.: instauramos e demos início ao trabalho da Comissão Permanente de Mulheres na Câmara Municipal; Com muita alegria, Cida foi eleita presidenta!;

.: realizamos audiência pública sobre as políticas públicas de Cultura de BH, a reorganização da Educação Infantil, o Plano Diretor e a ADE do Santa Tereza, o programa Jornada Produtiva, e a Reforma da Previdência;

.: reunimos com a secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, e conversamos sobre iniciativas legislativas nocivas à educação que se articulam em torno do movimento Escola Sem Partido;

.: realizamos a oficina Economia das Mulheres e Geração de Renda, atividade do Café da Cida;

.: recebemos a deputada federal Sâmia Bomfim;

.: realizamos, pela Comissão de Participação Popular, seminário sobre os mecanismos de participação popular no poder legislativo municipal

.: construímos um painel informativo na Câmara Municipal no 17 de maio, dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia;

.: fomos às ruas pela Luta Antimanicomial;

.: estivemos na Feijoada da Vila Teixeira, somando na luta contra a ameaça de despejo das famílias que vivem no local há mais de 70 anos. Também estivemos na Feijoada da Diversidade, realizada pelo Cellos MG;

.: esperançamos durante o primeiro encontro das Muitas de 2019. Conversamos sobre os desafios de sobreviver a tempos sombrios. #SomosMuitas

.: estivemos na Festa da Resistência Democrática que marca a união entre Brigadas Populares e PSOL;

.: realizamos Seminário sobre alternativas de trabalho, emprego e renda no contexto de desemprego, a fim de fortalecer políticas públicas e ações populares relativas ao tema em BH;

.: estivemos na greve dos petroleiros contra a privatização de 8 refinarias do país, que aconteceu na Refinaria Gabriel Passos, em Betim;

.: realizamos diversas assembleias com movimentos sociais, ocupações e quilombos sobre o Plano Diretor.

.: fomos às ocupações Alto das Antenas, na Vila Cemig, onde mais de 300 famílias lutam diariamente por direito à regularização e urbanização, e Vila Nova, no Olhos d’Água, onde acompanhamos a ação covarde de demolição de diversas casas.